História

Ex-embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima morre em São Paulo

[Ex-embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima morre aos 88 anos em São Paulo]
Reprodução/Itamaraty

O ex-embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima, 88, morreu nesta segunda-feira (12) em decorrência de choque séptico. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Ele era viúvo de Lúcia Flecha de Lima e deixa quatro filhos e dez netos. A família já providencia o translado do corpo para Belo Horizonte, onde o ex-embaixador será enterrado no jazigo da família.

Paulo Tarso Flecha de Lima foi secretário-geral das Relações Exteriores entre março de 1985 e março de 1990.

Ele também foi nomeado por Itamar Franco e representou o Brasil em Washington de novembro de 1993 a maio de 1999. Nesse período, teve que negociar a retirada de cerca de 450 trabalhadores brasileiros que foram feitos de escudo por Saddam Hussein durante a Guerra do Golfo. Ele participou de 45 encontros em 23 dias para libertá-los.

Foi também embaixador em Londres e em Roma e tido como ícone da diplomacia brasileira. Nascido em Belo Horizonte, em 8 de julho de 1933, o ex-embaixador ocupa a cadeira 13 da Academia Mineira de Letras.

Paulo foi casado com Lúcia Flecha de Lima, que morreu em 2017, com quem teve cinco filhos. Ela sofria de um câncer no útero. Lúcia foi por muitos anos celebrada como a mais ativa embaixatriz da história recente do Brasil e, em 2003, foi secretária de Turismo do Distrito Federal. Ela também foi muito próxima de Lady Di, a princesa Diana.

(Fonte: Bnews) *Com informações de Folhapress

To Top
%d blogueiros gostam disto: