Política

Pesquisas indicam que 3a via tem cada vez mais chances de vencer

As pesquisas políticas são sempre questionadas, porque geralmente refletem o interesse de quem as encomendou e está pagando a despesa. De repente, tivemos três levantamentos seguidos – Ipec (ex-Ibope) MDA e Datafolha. Os resultados tiveram diferenças expressivas e isso indica que há erro, mas não se sabe em qual pesquisa.

Algumas reuniões já aconteceram para discutir sobre a terceira via

Conforme já registramos aqui, pesquisas podem ser confiáveis e trazer informações sólidas. Todo recenseamento é precedido de pesquisas, chamadas de amostragens, que abrangem apenas parte do grupo a se recenseado, mas já dão uma noção bastante próxima do resultado final.

QUEM PAGA? –  No caso das pesquisas eleitorais, é sempre conveniente sabe quem é o patrocinador, pois os organizadores sempre dão um jeito de conduzir as perguntas de forma a agradar a quem paga as contas.

Nesses três últimos levantamentos, sabe-se apenas o patrocinador de um deles,  a cargo do Instituto MDA, que foi encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes. As outras duas pesquisas (Ipec e Datafolha), por mais que eu procurasse, não consegui identificar quem patrocinou. (Se alguém souber, por favor nos informe, para que possamos incluir aqui.)

Quando não há menção a quem encomendou, isso significa que há um patrocinador oculto, e isso deve ser levado em consideração na análise.

TERCEIRA VIA – Como tenho deixado claro, sou adepto da terceira via. Por isso me interesso por um quesito em especial – a rejeição dos candidatos. É justamente a parte em que há maiores discrepâncias.

No Ipec, a rejeição de Lula aumentou de 36% para 44%; a de Bolsonaro subiu de 56% para 62%, enquanto a de Ciro caía de 53% para 49%. Ou seja, Ciro teria uma rejeição maior do que Lula. Desculpem, mas não acredito.

Na pesquisa MDA, a rejeição de Lula seria de 44,5%, coincidindo com o Ipec; a de Bolsonaro iria a 61,8%, também igualando ao Ipec, e a de Ciro estaria em 52,4%, oito pontos acima de Lula. Desculpem, também não acredito.

E no Datafolha o favorito Lula teria 37% de rejeição; Bolsonaro, 59%; e Ciro, 31%. Desculpem, continuo sem acreditar.

TODOS SABEM – Parodiando Machado de Assis, até as paredes do TSE sabem que Lula tem uma rejeição muito alta. Lembrem-se que as pesquisas anteriores mostravam empate técnico entre Lula e Bolsonaro no quesito rejeição. De repente, a rejeição a Lula passou a diminuir, enquanto a de Bolsonaro aumentava, como se houvesse uma migração de votos de um para o outro. Desculpem, mas não acredito, mesmo.

Tenho convicção de que Lula continua com forte rejeição, um pouco inferior à de Bolsonaro, porém bem superior à rejeição de Ciro Gomes.

Por fim, apenas o MDA fez a pergunta que interessa: Quantos não votariam em Lula ou Bolsonaro, em nenhuma hipótese? E o resultado deu 30,1%, que seria hoje o grau de preferência da terceira via, que pode ter Ciro Gomes, João Doria, Henrique Mandetta ou Simone Tebet como cabeça da chapa. (Carlos Newton / Tribuna da Internet).

P.S. – Em tradução simultânea, se houver realmente uma frente ampla, a terceira via pode chegar ao segundo turno facilmente, com 30,1%, e no segundo turno ganha de Lula ou Bolsonaro com a maior facilidade. (C.N.)  

To Top
%d blogueiros gostam disto: