Política

PDT-BA reforça Movimento Negro e condena racismo de Bolsonaro

O PDT da Bahia empossou hoje (14) a militante Laíse Neres no comando do Movimento Negro do partido no estado. Cientista social, professora de Sociologia e pós-graduada em Serviço Social Multidisciplinar, Laíse terá a missão de articular ações afirmativas em defesa da igualdade e do combate a todos os tipos de preconceito. 

O PDT da Bahia empossou a militante Laíse Neres no comando do Movimento Negro

Presente na solenidade de posse ao lado do coordenador nacional do Movimento Negro do PDT, Ivaldo Paixão, o deputado federal Félix Mendonça Júnior, presidente da legenda no estado, defendeu a ampliação dos espaços da militância negra nos processos decisórios da sigla, inclusive para as eleições de 2022. Ele lembrou que o governo federal tem atuado contra o movimento. 

“Estamos vendo como o governo federal quer desmontar as ações, políticas públicas e conquistas do movimento negro. A Fundação Cultural Palmares, por exemplo, está sendo aparelhada ideologicamente por pessoas racistas. Está na hora de intensificarmos o trabalho partidário para ajudar a mudar isso, a combater o racismo de Bolsonaro, aproveitando as eleições de 2022. Teremos um candidato, que é Ciro Gomes, que pode mudar isso”, discursou Félix. 

“No âmbito local, queremos que o Movimento Negro do partido esteja atuante e presente até na indicação de quadros que podem ser convidados para participar de cargos públicos, quando formos chamados a colaborar. Temos pessoas qualificadas para isso”, acrescentou o deputado.

To Top
%d blogueiros gostam disto: