Política

Félix Júnior posta vídeo e diz que PDT não é subordinado nem ao PT nem ao DEM

O presidente estadual do PDT, Félix Mendonça Júnior, postou vídeo em sua conta do Instagram, neste domingo (18), em que ressalta que a sigla não é subordinada nem ao PT nem ao DEM – os pedetistas, após apoio a Bruno Reis em 2020, foi excluído da aliança com o governador Rui Costa (PT), embora a reação do governador tenha vindo com mais de seis meses de retardo.

No vídeo em que parece conceder uma entrevista por telefone, Félix Jr afirma: “Nós não somos subordinados ao PT e nunca seremos. Nós também não somos subordinados ao Democratas ou a nenhum outro partido. Somos um partido independente. Apoiamos quem acharmos que é o melhor. E teremos candidatos sempre que pudermos. Então se o PDT puder ter candidato a governador, terá”. Ou seja, pode se tratar ainda de um recado ao pré-candidato do DEM ao governo estadual, ACM Neto.

Na descrição da publicação, Mendonça Jr diz que “Esse tema sobre 2022 é recorrente nas entrevistas que dou às rádios tanto da capital quanto do interior da Bahia. Sempre deixo clara a posição de independência do PDT na Bahia. Não somos subordinados a ninguém, que fique claro”.

Félix concluiu: “Lutamos para construir um projeto de desenvolvimento tanto para o Brasil quanto para a Bahia. Queremos ser protagonistas na proposição de soluções que melhorem a vida das pessoas”. Há muitas siglas no arco de alianças do DEM que desejam protagonismo.

No sábado (17), durante evento do PSDB com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o presidente estadual tucano, Adolfo Viana, afirmou que o prefeito de Mata de São João, João Gualberto, é nome da sigla para a vice de Neto. (Fonte: Politica Livre).

To Top
%d blogueiros gostam disto: