Polícia

Barreiras: Dono de concessionária e ex-candidato ficam presos por 30 dias

A Operação Bandeirantes prendeu dois PMs – um da Rondesp e outro da Peto 83 – além de dois empresários. Os policiais são lotados em Barreiras e devem ser encaminhados para a cadeia da Corregedoria da Polícia Militar em Salvador. Conforme apuração do Bahia Notícias, os dois empresários são um proprietário de uma revendedora de veículos de Barreiras, e o outro já foi candidato a prefeito em Santa Rita de Cássia.

Os cinco tiveram os mandados de prisão efetuados nesta quarta-feira (21) acusados de envolvimento no assassinato do empresário Paulo Grendene, ocorrido no dia 12 de junho passado. A suspeita é que o crime tenha relação com grilagem de terra.

Os detidos devem ficar presos por 30 dias, podendo permanecer encarcerados por mais 30. Além dos mandados de prisão foram cumpridos outros 11 de busca e apreensão em Barreiras, Santa Rita de Cássia e Formosa do Rio Preto.

A Operação foi desencadeada pelo Departamento de Polícia do Interior (Depin) e contou com uma força-tarefa que envolveu a Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança do Estado (SSP-BA), Corregedoria Geral da SSP-BA, Coordenação de Operações Especiais (COE), Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), entre outros. (Por Francis Juliano).

To Top
%d blogueiros gostam disto: