Justiça

Cachoeira: Lideranças vão à Sepromi pedir apuração sobre ataques a terreiro

Foto: Divulgação

Lideranças de Cachoeira, no Recôncavo, pediram apuração sobre os ataques sofridos pelo terreiro Icimimó. A solicitação foi feita nesta terça-feira (20) em reunião na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). A casa religiosa – que está em período de obrigações religiosas – teve a rotina prejudicada devido a episódios de violência.

Na semana passada, parte considerável da vegetação do local foi destruída e o caso foi registrado em delegacia. Dentre as pautas tratadas estava a série de ataques ao terreiro Icimimó, que recentemente teve sua área invadida e espaços sagrados depredados.

Foto: Divulgação / Sepromi

No encontro desta terça, a titular da Sepromi, Fabya Reis, recebeu o babalorixá Antônio da Silva, conhecido como Pai Duda de Candola, a prefeita Eliana Gonzaga, o cantor e compositor Mateus Aleluia, entre outros. O Icimimó é um terreiro centenário, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e registrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado da Bahia (Ipac).

“Reafirmamos compromissos na proteção destes patrimônios, na atenção ao conjunto de comunidades da região, que também são alvo de diversas investidas, para as quais estamos pedindo apuração rigorosa dos órgãos do Sistema de Justiça”, disse a secretária Fabya Reis.

(Fonte: Bahia Notícias)

To Top
%d blogueiros gostam disto: