Justiça

Justiça multa banco Safra em R$ 2,4 milhões por explorar hipervulnerabilidade de idosos

A Secretaria Nacional do Consumidor aplicou multa de R$ 2,4 milhões no banco Safra porque seus correspondentes bancários cometeram atos abusivos ao ofertar crédito consignado a idosos.

Representantes do Safra exploraram a hipervulnerabilidade de aposentados e pensionistas do INSS

Representantes do banco, segundo a secretaria, exploraram a hipervulnerabilidade de idosos aposentados e pensionistas do INSS.

Segundo o órgão ligado ao Ministério da Justiça, ficou comprovado que o banco por meio de seus representantes usou dados pessoais de idoso para assediá-los com propostas de crédito.

A investigação da secretaria mostrou que os consumidores não eram informados do uso de dados e de cadastro.
A multa foi aplicada porque o Safra não teria sido diligente na fiscalização da atuação dos seus representantes.

É a quinta multa aplicada pela secretaria neste ano contra bancos por condutas lesivas ao consumidor. A maior delas, no valor de R$ 9,6 milhões, foi aplicada no Itaú. (Camila Mattoso / FolhaPress).

To Top
%d blogueiros gostam disto: