Nordeste

Mulher é presa por mandar matar namorado após descobrir relação incestuosa no interior do Ceará

Uma mulher foi presa na segunda-feira (27) suspeita de tentar matar o marido e a filha dele, em Canindé, no interior Ceará. Ela havia descoberto que os dois, junto com uma terceira pessoa, mantinham um relacionamento. As informações são do G1.

Segundo Daniel Aragão, delegado responsável pelo caso, Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, namorava Jaelson Oliveira, de 39, que manteria relações sexuais com a própria filha, de 20 anos, e o genro dele, de 26.

A polícia investiga se o pai cometia estupro contra a filha. Os dois foram baleados na porta de casa, mas sobreviveram. Maria Aparecida teria pago R$ 3 mil a duas pessoas para que elas matassem o pai, por conta da relação incestuosa, e a filha acabou sendo atingida.

Maria Aparecida Barroso, 36, foi presa preventivamente suspeita de encomendar a morte de seu namorado (foto: reprodução/WhatsApp O Povo)

A Polícia Militar apreendeu um homem e um adolescente de 17 anos, suspeitos de participação nas tentativas de homicídio. Os policiais também apreenderam um revólver que teria sido usado para cometer o crime.

Ainda de acordo com o G1, quem primeiro descobriu sobre a relação incestuosa entre pai e filha foi o namorado da jovem, que acabou aceitando manter relações a três, mas contou o caso para Maria Aparecida, namorada do sogro.

À polícia, ela firmou que ao descobrir o caso tentou se separar, mas recebia ameaças do companheiro, e que chegou a pensar em tirar a própria vida.

To Top
%d blogueiros gostam disto: