História

Entrevista com Rodrigo Araújo, filho de capelenses e Campeão Brasileiro de Natação

Rodrigo Araújo é um atleta da natação de 40 anos, nascido em Feira de Santana, filho dos capelenses Dinho de Daniel e Neusa de Vavá do Leite. Rodrigo se destacou recentemente por ter lançado o documentário “Tubarões do Sertão: um mergulho na história da natação de Feira de Santana”.

Em entrevista ao Interior da Bahia, Rodrigo falou sobre a sua história no esporte:

“A minha história na natação começou aos quatro anos de idade, quando eu sofria com um problema leve de respiração. Com isso, minha mãe me colocou pra ter aulas de natação. No início da minha adolescência, acabei parando por um tempo, pois tive que dar atenção a outros afazeres, mas, aos 15 anos, retornei e nunca mais parei. Então comecei a participar de competições influenciado por meus tios, os irmãos Xiquinho e Fernando, que também são capelenses”

Depois de retomar a natação, Rodrigo Araújo passou a participar de competições, participando de várias edições do Campeonato Baiano de Natação, sendo campeão em quatro edições (2001, 2007, 2010 e 2015), Campeão Brasileiro em 2005 na categoria Pré-Master, na prova dos 200 metros costa. Na competição do mesmo ano, o atleta foi vice na prova dos 50 e 100 metros peito e terceiro colocado nos 200 metros peito. Em 2006, Rodrigo foi medalhista na Copa do Brasil, em 2019, conquistou cinco medalhas no Campeonato Sul-americano na categoria Master C. No Brasileiro deste ano, Rodrigo nadou em cinco provas, ganhando cinco medalhas.

Rodrigo possui diversos títulos na natação

Ainda este ano, Rodrigo Araújo irá em busca de mais conquistas nas águas:

“Neste domingo, 21/11, estarei novamente competindo no campeonato Baiano e dos dias 01 a 05 de dezembro nadarei o sul-americano, no Rio de Janeiro, representando Capela do alto Alegre”

Rodrigo também falou sobre sua forte ligação com a natação:

“Nadar pra mim é um estilo de vida, eu não pararia de nadar nem se eu quisesse, devo a minha vida a natação”

Sobre o documentário, Rodrigo deu alguns detalhes:

“Nosso documentário ‘Tubarões do Sertão, a história da natação em Feira de Santana’  surgiu da ideia de fazer algo marcante para comemorar os cinquenta anos da natação em na Princesa do Sertão, que foram completos em 2020. Pensamos em fazer uma trilogia ou uma minissérie, mas optamos por fazer no modelo de documentário, no qual trazemos histórias partindo da saga do pioneiro da natação em Feira de Santana, João Batista, passando por um dos destaque da natação feirense dos anos 1980, o capelense Xiquinho, abordamos também a história do já falecido professor Helber Marques. Nessa parte do documentário, também falo um pouco sobre a história da natação em Feira, pois participei bastante deste período do final da década de 1990 a início dos anos 2000, e, por fim, entrevistamos a atleta Ana Clara Guerra, de 15anos que já faz parte da Seleção Brasileira Juvenil de Natação. O documentário está disponível no YouTube e tenho certeza que, quem assistir, vai gostar bastante, pois contamos uma história muito interessante sobre a natação em Feira de Santana.”

Rodrigo ao lado de Xiquinho, mais um nadador Capelense

Por fim, Rodrigo Araújo deixou uma mensagem motivacional aos jovens capelenses que sonham em vencer o esporte:

“Jovens capelenses, persistam, sejam aguerridos, no nosso país, o investimento no esporte fica muito abaixo do que merecemos, mas isso não pode nos impedir de lutar, de seguir um sonho, assim como eu conseguir vencer na natação, qualquer jovem capelense pode conseguir chegar lá em qualquer modalidade. Então cobrem apoio do poder público, se unam a pessoas capacitadas, pois, sozinhos não conseguimos. Pratiquem, de preferência, mais de um esporte, para que assim possam descobrir em qual modalidade vocês mais se identificam. Se dediquem e nunca deixem de sonhar”

Por Alan Rodrigues / Interior da Bahia

To Top
%d blogueiros gostam disto: