Esporte

Fortaleza se recupera, bate titulares do Palmeiras e entra no G-4

Robson faz o gol da vitória do Leão no último jogo alviverde com a equipe principal antes da final da Libertadores

Resumão

O Fortaleza se recuperou da goleada para o Ceará na rodada passada, venceu o Palmeiras por 1 a 0 na noite deste sábado, no Castelão, e voltou ao G-4 do Campeonato Brasileiro. Robson marcou ainda no primeiro tempo de um jogo muito disputado, com jogadas ríspidas. O Verdão atuou com os titulares pela última vez antes da final da Libertadores da América. E quase saiu com o empate – o VAR anulou um gol do Verdão perto do fim do jogo. A partida ainda reservou um susto antes do apito final: um desmaio de Yago Pikachu à beira do campo.

Na tabela

Com a vitória, o Fortaleza subiu para a quarta colocação, com 52 pontos, ultrapassando Corinthians (que recebe o Santos neste domingo) e Bragantino. O Palmeiras, com 58, é o terceiro. Clique aqui e veja a tabela do Campeonato Brasileiro.

Próximos jogos

O Palmeiras volta a campo pelo Brasileirão na terça-feira, no Allianz Parque, contra o Atlético-MG. Será seu último jogo antes da decisão da Libertadores da América, sábado, em Montevidéu, diante do Flamengo. O Fortaleza encara o Santos quinta-feira na Vila Belmiro.

Zé Rafael passa por Ronald durante Fortaleza x Palmeiras (Foto: Cesar Greco)

O lance polêmico

O Palmeiras até empatou o jogo, mas o lance foi anulado pelo VAR. No chute de Patrick de Paula, a bola passa no meio do caminho por Gustavo Gómez, e foi esta interferência que acabou observada pela arbitragem. Na visão de Salvio Spinola Fagundes, da Central do Apito, a decisão foi correta. Veja no vídeo abaixo.

Aos 44 min do 2º tempo – revisão do VAR de Patrick de Paula do Palmeiras contra o Fortaleza

Esquentou o clima

Weverton e Gustavo Gómez discutiram feio depois do gol do Fortaleza no primeiro tempo. Tiveram que ser contidos pelos colegas. Veja no vídeo abaixo.

Aos 41 min do 1° tempo – Weverton e Gustavo Gómez discutem feio no centro do gramado, em Fortaleza x Palmeiras

O susto

Quase no fim do jogo, Yago Pikachu, depois de substituído, desmaiou na beira do campo. A ambulância foi acionada, o jogador do Fortaleza foi prontamente atendido e aos poucos recuperou os sentidos. Veja no vídeo.

Aos 46 min do 2° tempo – Ambulância em campo para atender Pikachu. Ele cai no banco de reservas e recebe atendimento

Primeiro tempo

O jogo começou equilibrado. O Fortaleza apostou em trocas de passes rápidas, tentando dar agilidade às investidas ofensivas – e assim chegou à finalização perigosa de Matheus Jussa, rente à trave, aos sete minutos. O Palmeiras buscou tramar as jogadas pelo chão, valorizando a posse e girando o time. Aos nove, Gustavo Scarpa mandou por cima do gol. O Leão respondeu com Robson, que cortou Mayke e também finalizou por cima. Mas a partir daí o jogo perdeu ritmo e ficou mais disputado no meio, com vitórias dos sistemas defensivos, erros de passes e chances escassas de lado a lado. O Fortaleza deu sinal de vida aos 36, em jogada de bola parada. Yago Pikachu mandou na área, Benevenuto cabeceou e Weverton evitou que a bola entrasse. Mas o goleiro não conseguiu evitar o gol logo depois. Aos 38, David mandou de longe, Weverton deu rebote para a frente e Robson apareceu livre para completar: 1 a 0 para o Fortaleza. O jogo ficou pegado, o Palmeiras ensaiou uma pressão final e só não empatou porque Pikachu cortou em cima da linha uma bola mandada por Scarpa.

Segundo tempo

A partida voltou quente no segundo tempo, com disputas ríspidas entre os jogadores e duas equipes mais agressivas na busca ao ataque. Com o passar do tempo, o Palmeiras foi se fixando no campo de ataque, tentando encontrar alguma forma de empatar o jogo – mas sem criar chances claras. Os treinadores começaram a mexer nas equipes – entraram primeiro Danilo e depois Gabriel Veron no Palmeiras, Felipe e depois Edinho no Fortaleza. Dudu, apagado no jogo, tentou um chute aos 28. Marcelo Boeck pegou sem sustos. Aos 30, Robson teve chance de ampliar, mas pegou mal na bola. Os dois treinadores ainda apostaram em trocas de atacantes para os minutos finais. Mas quem agitou o jogo foi Patrick de Paula, que empatou a partida com um chute de fora da área – aceito por Marcelo Boeck. A arbitragem, porém, anulou o lance após revisão no VAR, por participação de Gustavo Gómez, fazendo uma espécie de corta-luz depois do chute. O zagueiro estava em posição de impedimento.

Dudu durante a partida entre Fortaleza e Palmeiras (Foto: Cesar Greco)

(Fonte: Ge)

To Top
%d blogueiros gostam disto: