Cultura

Alceu Valença lança “Senhora Estrada”, 3º disco em voz e violão

O terceiro álbum em voz e violão do cantor e compositor pernambucano Alceu Valença, “Senhora Estrada”, está disponível nas plataformas digitais de música a partir desta sexta-feira (19). Lançado pela gravadora Deck, o álbum integra a trilogia solo aberta por “Sem Pensar no Amanhã” e seguida por “Saudade”. 

Compositor pernambucano Alceu Valença lança o terceiro álbum em voz e violão do cantor

Em “Senhora Estrada” – disco gravado no Estúdio Tambor, no Rio de Janeiro (março de 2021), com produção de Alceu Valença e Rafael Ramos – ele percorre referências idas do artista, permeadas pelo Agreste e pelo Sertão nordestino.

Em onze faixas, o xote, o baião, a toada e o rojão dão o tom, tendo como faixas de partida as clássicas “Pau de Arara” e “Sala de Reboco”, duas das canções de peso de Luiz Gonzaga, que ganharam versões diferenciadas (e típicas) na voz de Alceu Valença.

 “Pé de Rosa” e “Xote Delicado” chegam com o toque autoral do artista pernambucano, que segue nas releituras de “Depois do Amor” e “Flor de Tangerina”. “Vai Chover”, parceria com Herbert Azzul, também ganha notoriedade do álbum.

“Coração Bobo”, “Pelas Ruas Que Andei” e “Cabelo no Pente” são (re)inventadas por Alceu no disco, que é consumado pela toada originalmente feita para a trilha do filme “A Luneta do Tempo” (2015) – escrito e dirigido pelo próprio “Bicho Maluco Beleza” de Pernambuco. (Fonte: Folha de Pernambuco).

To Top
%d blogueiros gostam disto: