História

Senador desiste de feriado nacional para Santa Dulce, e prevê criação de Dia Nacional

Após a aprovação do projeto no Senado que previa um feriado nacional em homenagem à Santa Dulce dos Pobres, o senador baiano Ângelo Coronel voltou atrás e decidiu propor apenas um dia nacional. A data da homenagem também foi modificada.

De acordo com o Senado, o parlamentar decidiu fazer as mudanças no projeto para evitar impactos econômicos de um novo feriado no país, além de minimizar as possíveis dificuldades na aprovação da iniciativa.

Com a mudança, o dia 13 de agosto, e não mais 13 de março, passa a ser o Dia Nacional da Santa Dulce dos Pobres, desde que seja aprovado na Câmara. Irmã Dulce nasceu em 1914 em Salvador e dedicou sua vida para ajudar os mais pobres. Em setembro de 2019, o governo da Bahia já havia decretado 13 de outubro como Dia de Irmã Dulce no estado, porém a data não é um feriado. Já a igreja Católica celebra a Santa Dulce em 13 de agosto, dia em que ela se tornou freira.

O Vaticano considera Santa Dulce a primeira santa brasileira. Apesar de outras brasileiras e uma religiosa que atuou no país terem sido canonizadas anteriormente, Dulce foi a primeira mulher nascida no Brasil que teve milagres reconhecidos pela Igreja Católica. (Fonte: G1 BA).

To Top
%d blogueiros gostam disto: