Polícia

Pai mata filho de oito anos em hotel após perder a ‘guarda’

Um homem matou o próprio filho, de 8 anos, após um desentendimento em razão da guarda da criança, em Jaçanã, São Paulo, no último domingo (8). Após cometer o crime, ele tirou a própria vida.

Após o fim do relacionamento com a mãe da criança, o suspeito se mudou para o estado de Santa Catarina e passou a dividir a guarda com a ex-esposa. De acordo com informacões da Record TV, depois de uma disputa judicial, a mãe de Johan conseguiu a guarda unilateral do pequeno.

No sábado (7),  o homem solicitou uma visita ao filho e, após conversa com a mulher, combinou que passaria com a criança o dia que antecede o Dia das Mães.

Feito o acordo, a mãe de Johan arrumou a mochila com os pertences do filho, para que ele pudesse estar um tempo com o pai, e o levou até o local combinado.

Horas depois, ele ligou para a ex e ameaçou matar a criança caso ela não voltasse com a guarda compartilhada.

A mulher então entrou em contato com a recepção do hotel, local onde o ex-marido estava hospedado com Johan, e pediu ao recepcionista que checasse o quarto dos familiares. Ignorada pelo funcionário, a mãe da criança acionou a Polícia Militar para averiguar as condições do filho.

Os policiais pediram ao porteiro entrasse em contato com o quarto dos hóspedes. Sem sucesso, os agentes se deslocaram até o dormitório e arrombaram a porta.

Dentro do quarto estavam as vítimas já atingidas pelos disparos. O homem atirou contra o próprio filho e, em seguida, contra si. O óbito da criança e do atirador foi constatado ainda no local.

To Top
%d blogueiros gostam disto: