História

Riachão: Grupo tenta embarcar para a Europa no aeroporto, mas a excursão era um ‘golpe’; vídeo

Uma viagem frustrada e uma sensação de golpe. Foi isso que sentiram várias pessoas de Riachão do Jacuípe e de outras regiões do país nesta sexta-feira (13), no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, Bahia.

O golpe já repercute na Bahia (Foto/reprodução: TV Bahia)

De acordo com informações, o grupo de 20 pessoas tinha viagem marcada para a Itália e Portugal com saída nesta sexta-feira e retorno no dia 22, mas a logística (passagem, hospedagem etc) não foi cumprida pela empresa Helena Guerra Viagens, que tem como representante um senhor conhecido por Joelson. “Não tinha passagem para ninguém”, disse uma integrante do grupo em anonimato.

Mas antes mesmo de embarcarem para o Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, o grupo já desconfiava que a dita excursão era um golpe. Durante a semana, perguntado sobre as providências da excursão, pessoas envolvidas recebiam apenas informações evasivas, o que deu margem para a desconfiança.

Reprodução/TV Bahia

Ainda de acordo com as informações, o senhor Joelson tem base na cidade de Serrinha. Nesta sexta-feira, no aeroporto, apareceu apenas uma pessoa que se apresentou como seu parente. “Ele disse que era para o grupo ir para um hotel e que amanhã (hoje) viajaríamos. Mas não disse quem iria arcar com as despesas”, disse uma pessoa que pediu para não se identificar.

Diante do ocorrido, o grupo prestou queixa à Policia Civil, na base do Aeroporto, e informou que vai entrar na justiça para recuperar os danos causados pela empresa Helena Guerra Viagens.

Ainda segundo as informações, a excursão custava R$ 11 mil para cada pessoa. Uns já haviam pago integralmente, enquanto outros tinham adiantado uma quantia de R$ 8 mil.

Do total de 20 pessoas, 11 embarcariam no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, e nove embarcariam no Rio de Janeiro. Entre os excursionistas da Bahia estavam pessoas de Riachão do Jacuípe, como o Padre Carlinhos, além de padres de outras paróquias como Alessandro, Padre Albino (Provincial) e Zé Carlos.

To Top
%d blogueiros gostam disto: