Entretenimento

Pantanal: Velho do Rio será baleado e ficará à beira da morte

O Velho do Rio (Osmar Prado), de “Pantanal”, vai levar um tiro ao tentar matar Tenório (Murilo Benício). Encarando a morte pela terceira vez no folhetim, ele ficará com a bala cravada no corpo, mas escapará após ser salvo por Eugênio (Almir Sater).

Velho do Rio será baleado por Tenório /Foto: reprodução/TV Globo

O chalaneiro será o responsável por se aproximar e cuidar do ferimento, abrigando o velho na embarcação. “Eu sabia, sabia…que ocê ia vim atrás de mim… Eu sabia…”, dirá o baleado. 

Deitado, ele vai despertar lentamente e logo será alimentado por Eugênio. “Você deu sorte d’eu tê lhe encontrado com vida. Era pra eu tá em Campo Grande uma hora dessas. Tenho um frete pra fazê, de lá pra fazenda do sêo Zé Leôncio [Marcos Palmeira]. O amigo já ouviu falar?”, questionará o salvador.

Em seguida, explicando o motivo de ter passado no caminho do homem, o chalaneiro vai mostrar a bala ao guardião do Pantanal, retirada do corpo após a sutura do ferimento. Sendo assim, o velho se sentirá à vontade para comentar parte do incidente.

“O mardito fugiu… E ainda me feiz isso”, contará, mas fazendo mistério sobre o responsável pelo disparo. Eugênio até vai tentar questionar, mas será ignorado pela “entidade”. 

Com a conversa, o Velho do Rio logo sumirá, deixando o chalaneiro assustado. “Amigo… Você tá aí? Diacho… O velho sumiu?”, pergunta Eugênio, que seguirá com o curso da chalana mesmo sem respostas

Tiro no rio

O Velho do Rio será baleado após se aproximar de Tenório para tentar matá-lo, por conta das ações do fazendeiro, ainda em forma de cobra. Preparado para dar o bote no pai de Guta (Julia Dalavia), ele ficará surpreso com a reação de Marcelo (Lucas Leto).

Velho do Rio será socorrido por Eugênio (Almir Sater) / Foto: reprodução/TV Globo

“Cuidado, pai. Cuidado!”, gritará o jovem ao perceber o movimento letal da sucuri. “Se afasta, pai… É só se afastar… Com calma… Ela não vai fazer nada”, dirá Marcelo, que não será ouvido pelo pai. Já a salvo, Tenório será questionado sobre a atitude violenta de atirar no animal. 

Essa, inclusive, já é a terceira vez que o Velho do Rio dá de cara com a morte. Quando Muda atirou no idoso para tentar se defender da onça, ele “renasceu” após retirar o projétil do peito.

Além disso, também resistiu das chamas em meio ao incêndio que atingiu a região do Pantanal. Apesar de os personagens questionarem se ele tem uma espécie de “pacto com o demônio”, o Velho do Rio é Joventino, pai de José Leôncio, que morreu após ser picado por uma cobra e encantou no vigilante do Pantanal. (Fonte: Agencias).   

To Top