Cultura

Espetáculo que conta a vida do Rei do Cangaço, Lampião, é atração no Sertão

“O Massacre de Angico A Morte de Lampião” integra programação do Tributo a Virgolino A Celebração do Cangaço, em Serra Talhada

Até o próximo domingo (31), integrando a programação do Tributo a Virgolino – A Celebração do Cangaço”, segue em cartaz o espetáculo teatral “O Massacre de Angico – A Morte de Lampião”. A peça está sendo apresentada na Estação do Forró, em Serra Talhada, Sertão pernambucano. O acesso é gratuito e o evento tem à frente a Fundação Cabras de Lampião.

O espetáculo tem direção de Izaltino Caetano e o texto foi escrito por Anildomá Willans de Souza, pesquisador do Cangaço. No roteiro, o encontro entre os militares de Getúlio Vargas e os cangaceiros liderados por Lampião e Maria Bonita é contado por um elenco composto por pelo menos trinta atores – de Recife, Olinda e de Limoeiro, Agreste do Estado – e setenta figurantes.

“Mostraremos ao público um Lampião apaixonado, que sente medo, que é afetuoso, e que não representa somente a guerra travada contra os coronéis e fazendeiros, contra a polícia e toda estrutura de poder. Vamos mostrar o homem que amava as poesias e sua gente”, revela o autor, Anildomá.

A atriz/cantora alagoana Roberta Aureliano, interpreta Maria Bonita e o ator e dançarino, Karl Marx, vive o protagonista Lampião. O espetáculo tem o incentivo do Funcultura/Secretaria de Cultura de Pernambuco e Prefeitura Municipal de Serra Talhada, além de empresas locais. A montagem teve a sua estreia em julho de 2012.

Por Folha Pe

To Top