Educação

Feira de Santana- Professores da Uefs entram em greve a partir de segunda

Os professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) decidiram em assembleia nesta quinta-feira (7) entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (11).

Eles se juntam aos professores da Universidade Estadual de Santa Cruz e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), que param as atividades já nessa sexta-feira.

Mais de sete mil estudantes ficam sem aulas na Uefs. Na próxima semana, os professores devem se reunir com o secretário da Educação. No dia 13 também está marcada uma mobilização com a “queima do Judas” no centro de Feira de Santana.

As principais reivindicações dos professores são a revogação do decreto 12.583, de fevereiro, que restringe o orçamento da universidade, e a retirada do acordo proposto pelo governo de uma cláusula que determina que os professores só podem apresentar novas queixas e reivindicações em 2015.

Além disso, ela também congela o salário dos professores. Esta cláusula, segundo os professores, foi apresentada no último momento durante negociações salariais em dezembro do ano passado.

Greves nas estaduais

Na quarta-feira (30) e nesta terça (5), os professores das universidades estaduais paralisaram as atividades por 24 horas. Somente a Universidade Estadual da Bahia (Uneb) segue um calendário diferente e não participou das paralisações, mas os professores de lá podem parar no próximo dia 13. 

To Top
%d blogueiros gostam disto: